Volkswagen adota uso de energias renováveis

A Volkswagen adota uso de energias renováveis, uma de suas empresas em São Paulo começou a utilizar de energias renováveis.

Volkswagen adota uso de energias renováveis

O Centro de Peças e Acessórios da Volkswagen, em Vinhedo (SP), passa a utilizar todas as modalidades de energia renovável incentivada, exclusivamente provenientes de geração solar, eólica, biomassa ou de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs). Isto é possível graças à com a migração para o mercado livre, uma alternativa para as empresas onde se pode escolher de quem comprar a energia e negociar preços e prazos de pagamento, assim foi possível refinar a opção de compra, buscando contratos de energia tem impacto ambiental reduzido. 

Veja também:

Com essa migração, a empresa pretende economizar 6% no curso com a eletricidade em 2020. E nos próximos cinco anos, a expectativa é que haja uma economia acima de 40% no custo de energia elétrica e em uma redução significativa no impacto ambiental. Outro ponto interessante da migração ao mercado livre é que a energia que não for utilizada em determinado período pode ser vendida de acordo com a demanda.

A empresa está neste processo de implementar energias renováveis desde 2016, quando toda a energia elétrica consumida em suas operações vem de fontes renováveis, principalmente das grades hidrelétricas.

De acordo com Rafael Pestana, gerente executivo de planejamento de manufatura da Volkswagen do Brasil, a busca constante pela eficiência ambiental, em todas as atividades da companhia, é uma das premissas da política ambiental e de energia. “Esta ação demonstra que estamos sempre buscando oportunidades. No caso de Vinhedo, identificamos uma excelente chance para que a geração da energia elétrica seja 100% incentivada. Esta ação alinha ganhos ambientais e financeiros”, afirmou.

O Centro de Peças e Acessórios da Volkswagen em Vinhedo é o maior galpão já construído na cidade, com uma área total de 132 mil metros quadrados (equivalentes a 18 estádios iguais ao Maracanã) e tem em seu interior mais de 25 milhões de itens estocados e opera na cidade há 15 anos.

Além dessa ação, a companhia incluiu uma cláusula em seus contratos que faz toda diferença: 100% da energia fornecida à Volkswagen do Brasil deve ser limpa, de fontes renováveis, neste caso, provenientes de hidrelétricas.

“A decisão de abastecer as fábricas da Volkswagen do Brasil com energia elétrica 100% limpa é uma iniciativa inovadora e que demonstra o compromisso da empresa com a sustentabilidade ambiental. Com essa ação, já registramos um ganho ambiental significativo”, afirmou o diretor de Engenharia de Manufatura da Volkswagen do Brasil, Celso Placeres. Só para imaginar o impacto positivo dos contratos – que acabam de completar seu primeiro aniversário -, é como se a empresa plantasse 166.118 árvores de 2016 a 2018.

Além de comprar energia elétrica 100% limpa, a Volkswagen do Brasil tem sua própria PCH Anhanguera (Pequena Central Hidrelétrica), localizada no Estado de São Paulo, com capacidade para gerar cerca de 18% da energia consumida pela empresa. A Volkswagen do Brasil é pioneira a investir na geração de energia limpa, entre as montadoras instaladas no País.

Volkswagen adota uso de energias renováveis

Via: Portal Solar

, , , , , ,
One comment to “Volkswagen adota uso de energias renováveis”
  1. Pingback: A Energia Renovável se torna cada vez mais baratas que carvão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *