Eficiência Energética em Sistemas de Iluminação Pública – Entenda

A iluminação pública é um serviço de extrema importância para o bem-estar de uma comunidade. Ela permite o desenvolvimento econômico de uma região, atraindo comércio, turismo ou mesmo promovendo maior segurança em áreas residenciais. Porém, com o crescimento da demanda de energia elétrica e o estagnamento da sua geração, surge a necessidade de se delinear iniciativas que reduzam o consumo. Portanto, a eficiência energética promove idéias para o que desenvolvimento dos parques de iluminação pública seja realizado, evitando o crescimento exacerbado do consumo, em tempos que a energia elétrica não se encontra tão abundante.
A iluminação de ruas, avenidas e centros urbanos ou nas regiões periféricas é um bem público, cuja oferta é de interesse para a população, principalmente nos grandes centros urbanos, onde atividades comerciais são desenvolvidas. Devido a fatores socioeconômicos, a iluminação desempenha papel fundamental como inibidor da violência e como mecanismo de desenvolvimento das comunidades de baixa renda, que convivem diariamente com a falta de infra-estrutura urbana (FIDALGO et al, 2007). Há algumas décadas atrás, a iluminação pública nas grandes cidades do Brasil era muito diferente do que é hoje. Os componentes utilizados demandavam um maior consumo de potência e forneciam pouca eficiência no que se refere a iluminação pública. Graças a investimentos e programas de ampliação por parte do governo foi possível um desenvolvimento de todo o sistema, com a substituição das lâmpadas de mercúrio que possuíam uma vida útil relativamente curta.
Via: www.revistas.unifacs.br
, , , ,
One comment to “Eficiência Energética em Sistemas de Iluminação Pública – Entenda”
  1. Pingback: Eficiência energética - mais competitividade para as indústrias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *